ZOIANDO

domingo, 6 de novembro de 2016

VAI UM PORNOZINHO AI?

Desde já agradeço pelos comentários/conselhos deixados aqui (deixo registrado que analisarei todos com carinho). Como já viram, atrasei o post de Sábado mas aqui estou pouco mais de 24 horas depois o atualizando. Hoje vim aqui falar de pau (sem entendimento algum) Se por um acaso for novo no blog clique aqui. Nós os homens amamos os nossos paus, há até os que dão nomes ao membro (não é o meu caso!) e se for gays ai já viu, pois tem o agravante de cobiçar o pau alheio. Tem coisa mais bonita que um homem de shorts? (não vale dizer sem!!! kkk).

Eu sempre fui rodeado por homens bonitos (uns nem tanto, mas gosto não se discute!), como sou "Hétero" boa parte dos meus amigos nunca fizeram firula quanto a se despir na minha frente, simular masturbação, em fim (coisa de gênero). Quantas foram as vezes que me masturbei pensando neles. Quantas foram as vezes que os desejei sem que eles soubessem. Sempre tão perto mas ao mesmo tempo tão longe.

[Leia o poste anterior antes de prosseguir ]
Pouco antes de me mudar para a "serra" o Robson já tinha ido embora e como o seu lugar estava vazio conheci o Adriano, um  garoto mais velho que veio morar na vizinhança, e foi o Adriano que me proporcionou a visão do que era um pau de verdade, pois antes só tinha visto o pau de crianças, não imaginava que aquilo mudaria de proporções e formatos com a idade, foi ai que vi um homem de verdade completamente pelado em minha frente. Preciso dizer que adorei?

Chegando na "serra" fiz novos amigos (descolados) e com eles descobri que aquele admirar tinha um nome "sexualidade" e foi com os meus doze anos que descobri que tinha uma grande diferença, entre homens e mulheres que não era só a estética, que o pênis, a vagina e varias outras partes do corpo tinham mais finalidade do que um dia eu poderia sequer imaginal (isso é o que dar ser criado por pais controladores!). Hoje crianças de dez a doze anos tem vida sexual mais ativa que muitos homens por ai.

A primeira revista adulta quem não se lembra? E foi o Naldo que me apresentou a primeira, na verdade eram duas, que por sinal não lembro o nome, o que lembro é que contava a história de uma moça que foi passar as "ferias" na fazenda dos tios e lá encontra o seu primo Jeronimo...A partir dai você deve imaginar. Foram seguidas homenagens para o Jeronimo folheando as benditas paginas. Me julguem! Meus amigos até hoje acham que eram para a tal prima do Jeronimo...kkkk

Com a chegada do DVD ficou ainda mais fácil prestigiar o "trabalho dos caras" (era pornô americano, por isso era mais imaginação que ação propriamente dito) na época era difícil achar pornô mais explicito, tipo as brasileirinhas, o difícil era escolher pra onde olhar, se para a tela ou para o volume no short dos amigos... Nas cidades interiorana é difícil, pra não dizer impossível achar porno gay seja no papel ou no vídeo, foi aqui em São Paulo que conheci esse novo nicho, e pra falar a verdade me assustei um pouco no inicio. A principio é um choque, uma coisa é imaginar, outra é ver (tá bom pornô de vídeo é diferente do real!) mas mesmo assim ainda é um parâmetro.Eu me perguntava mas como coube aquilo tudo ali? Depois veio a internet e tudo ficou mais fácil, até se expor na webcam, coisa que contarei futuramente!


Eu sou o Pedro. E esse foi mais um; "O Grande Masturbador".
Todo Sábado as 08h00 da manhã, ou assim que possível
E nunca se esqueça, a gente se vê por aqui!

7 comentários:

  1. Quando criança e adolescente fui um grande punheteiro mas nunca me atraiu muito o tal negócio de pornô, seja no papel seja no vídeo. Hoje continua não me atraindo tanto. Prefiro ver algo ou alguém real e depois deixar a imaginação voar. Bem, cada um é cada um ... rs
    Gosto de seu jeito de falar aqui ...

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Bom, quanto ao 1º homem adulto que eu vi pelado na minha vida... Sinceramente não sei direito quem foi. Não me lembro. Mas deve ter sido algum homem da minha família tomando banho no banheiro da casa ou alguma coisa assim.rs
    Na minha adolescência e início da pós-adolescência eu também tive pouco acesso à pornografia.
    O máximo que dava pra fazer é, quando eu sabia que ia passar um filme ou outro programa com uma cena de homem pelado na televisão (quando passavam era sempre de madrugada), eu deixava o videocassete gravando quando ia dormir e, no dia seguinte, eu via o que tinha conseguido ´pescar`.
    Só quando eu tinha 20 anos é que me atrevi a pegar um filme pornô na locadora pela 1ª vez. Antes disso, eu morria de medo que alguém me visse pegando o filme pornô ali.rsrs
    Lembro que foi um pornô hétero, porque eu tava tão preocupado que alguém visse na hora que nem fiquei escolhendo: peguei o 1º filme que tava lá na prateleira. Tava com o título de Secretária Sexual (não lembro o nome original). Aliás, mesmo procurando na Internet, nunca mais achei esse filme.
    Mas depois de dar o 1º passo a gente fica mais à vontade. Cheguei a ser sócio de 4 locadoras pornô no final dos anos 90 (hoje nem existe mais esse tipo de estabelecimento rsrs).
    Às vezes também gosto de ir ao banheiro público pra ver os cacetes que tão do meu lado fazendo xixi e dão sopa pra eu ver.rsrs

    ResponderExcluir
  3. Continuo aguardando, ansiosamente, por issa coisa de exibicionismo através da web. acho que vou adorar.

    ResponderExcluir
  4. O primeiro filme que me despertou algum sexualidade, se me lembro bem, foi "houve uma vez um verão" (summer of 42), vi na teve e me deixou com a pulga atras da orelha... nao é um fime porno, mas um filme muito sensual... depois teve Mr. Robinson e tantos outros que povoaram minah mente jovem...
    minha primeiras lembranças de paus e pelados foi na epoca do segundo grau, dos treinos de judo, de natação, eu era bem mais jovem que a maioria, por estar adiantado no colegio, e seus paus sempre eram maiores e mais desenvolvidos e eu sempre envergonhado, alias sou envergonhado ate hoje! kkkkk

    ResponderExcluir
  5. ahahaha o Goodblog quer uma exibição via Web

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Audrey, por vezes face web exib com o meu namorado. Tesão na certa.
      Com terceiro, nunca experimentei:-P

      Excluir
  6. O primeiro homem que vi pelado foi um inquilino da minha vizinha.Era uma rapaz de 24 anos que morava sozinho,muito bonito e com o corpo perfeito.Eu tinha 10 anos de idade,entrei na casa dele para conversar bobeiras do dia a dia e flagrei o rapaz saindo pelado do banheiro.Tempos depois em casa vi meu pai peladão na cama.
    O primeiro homem que vi pelado na TV foi na sessão Corujão da TV Globo, em um filme chamado Força Sinistra (Lifeforce),do ano de 1985.Foi muito rápido,por uns segundos aparece três pessoas nuas,duas mulheres e um homem.Nooooossa... ver aquele homem nú mexeu com minha imaginação.Depois vi vários peladões em Porky's (br: Porky's - A Casa do Amor e do Riso) de 1982,também no Corujão e ambos assisti no fim dos anos 80.
    Esses foram os primeiros que vi.rsrs

    ResponderExcluir

NÃO ALIMENTEM OS POMBOS

< POSTAGEM ANTERIOR - PRÓXIMA POSTAGEM > Conheci o Erick no Scruff, acho que no dia 22 de agosto, no mesmo dia ele me passou o...