ZOIANDO

quinta-feira, 27 de julho de 2017

PASSIVO TAMBÉM GOZA!

< POSTAGEM ANTERIOR - PRÓXIMA POSTAGEM >

Sei que estou um pouco ausente mas aqui estou. Hoje falarei do Alfredo (nome verdadeiro) também o conheci no Manhunt e foi ele o terceiro cara com quem transei (entende-se dei) não o terceiro cara com quem sai. Quando ainda era virgem praticava apenas o gouinage (vez e outra ainda o pratico, mas tento evitar) Porque pra mim sexo sem penetração não é sexo (seja eu passivo ou ativo) fica faltando algo, não sei, talvez ainda precise evoluir, mas admiro quem se satisfaz com apenas alguns beijos, abraços e um boquete é claro…

O Alfredo é um cinquentão com tudo em cima (53 anos pra ser exato) um pouco mais baixo que eu e mega extrovertido (o contrário de mim) O conheci nos primeiros dias de Junho, trocamos ideia no site e tão logo ele me pediu o Whatsapp, dei é claro! (não só o número, se é que me entendem?) Começamos a conversar  no dia 07/06  e no outro dia já marcamos (foi tudo muito rápido) trocamos umas fotos, e que fotos! O cara era muito gostoso e tinha um piroção (18 cm circuncidado) Pensei em não encarar mas pensei bem até porque uma piroca é uma piroca né? No outro dia ele me mandou uma mensagem pela manhã acertando tudo, o local? Metrô Sta Cruz! Logo pensei, vou levar outro bolo pois como sabem não tenho lembranças nadas animadoras desse lugar.

Quando iria ao seu encontro no busão ele me liga e avisa que já estava a minha espera no local combinado, ao chegar em frente ao shopping o mesmo já estava do outro lado da rua em frente a estação (ele tinha me passado a cor da roupa) Chegue, me apresentei e tão logo fui apalpado (no meio da rua) e se passa um familiar meu ou conhecido? (mas não posso negar que gostei da ousadia) fomos caminhando e conversando por umas 10 quadras até o seu apartamento. próximo a sua rua ele me abraçou por trás e me apalpou novamente, nessa hora eu já estava de pau duro e a vergonha já tinha sumido.

Subimos até o sétimo andar (não tenho certeza) ele sempre muito atencioso e simpático. Me faz lembrar o meu vizinho (hétero) na sua forma de ser, falar e até andar...Ah, esqueci de dizer que ele é careca. E partimos para o abraço...Seu pau é do tipo grosso da cabeça pequena (lembra a do Harry Louis) o ponto negativo é não ter pelos, mas tudo bem, tendo pau é o que conta! Ninguém tinha me beijado com tanta “animação” antes, o cara me deu uma chupada tão violenta que senti uma fisgada em baixo da língua (nem o Renan tinha ido tão longe) a partir daí só selinho, Depois ele me pegou de bruços e que pegada, nunca tinha sentido 18 cm dentro de mim e não é uma coisa muito confortável, mas o prazer ameniza a dor (antes o Vando era o mais dotado que peguei), depois fique de quatro e por último de frango e pra alegria dele, gozou na minha barriga, e eu mais uma vez fiquei na vontade (querendo mais). Porque os ativos só fazem umas cinco sessões de dez bombadas em cada posição e já querem gozar? Gente, vamos com calma, passivo também goza!

Ficamos pelados conversando por um tempo (mentira, eu só ouvia) enquanto ele fumava e contava sobre a tatoo dele (ele tem um sol nas costas) Por fim eu pensando que ele iria me levar até a portaria, ele apenas desenhou um mapa de como chegar a estação e me deu (imagina?) Apesar de não ser longe o Google Maps me ajudou mais que o tal mapa (apesar de estar bem compreensível) Sai no frio, sozinho e sem gozar. A partir daí não nos comunicamos mas, ao contrário dos demais que sempre perguntavam como tinha chegado em casa (mesmo que por educação) Então é isso e pra terminar queria saber porque é que os ativos acham que se ele gozou a brincadeira acabou?

Eu sou o pedro que não é Pedro, e esse foi mais um “OGM
Toda semana pela manhã, ou assim que possível
E nunca se esqueça, a gente se vê por aqui

5 comentários:

  1. Oloko, que abusado kkkk já foi apertando....
    Tipico de ativo egoísta que só quer gozar o ato e o outro pouco importa...
    Fuja do próximo encontre, pense mais em você também, pois pelo menos pra mim, o fato de não gozar, falta algo, e ninguém gosta de começar algo e não terminar...
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  2. Os caras (ativos) tem o péssimo hábito de achar que a transa acabou quando gozam, péssimo hábito.

    cumorcum.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. rsrs
    Bom, ninguém nunca passou a mão em mim na rua assim não. A não ser em banheiro público e tal. Mas acho que eu ia ficar meio sem jeito.

    ResponderExcluir
  4. A maioria dos ativos são assim mesmo,gozam e no máximo perguntam se a gente curtiu e a coisa fica por isso mesmo,pra falar a verdade já nem esquento a cabeça com isso,com o tempo aprendi a ignorar esse detalhe e procuro valorizar as qualidades da pessoa.
    Vai se costumando amigo,os caras são egoistas.rsrs

    ResponderExcluir

EU OUVI BUCETA?

< POSTAGEM ANTERIOR - PRÓXIMA POSTAGEM > Bom, minha vida sexual tá um pouco parada (não por opção) até porque se fosse por mim...