ZOIANDO

domingo, 22 de outubro de 2017

DEZ HOMENS


Nessa minha curta passagem pelo mundo adulto (entende-se vida sexual ativa) Só cheguei a sair com apenas 10 caras (se dependesse só de mim, seria um e meio por semana) mas como sexo não é uma coisa solitária temos que esperar pela boa vontade de outro indivíduo (uma coisa teoricamente fácil de se arrumar hoje em dia) Teoricamente porque não sou um cara convencional, não curto saunas, baladas e não sou adepto do sexo pago. Além das três opções citadas ainda há outras maneiras mais fáceis de se conseguir sexo, os bandeirões (estações, terminais, shoppings etc), atrás das árvores (em parques), além é claro dos famosos encontros de surubas, coisas essas que me faltam coragem, não sei, não curto sexo as pressas e/ou às escondidas, tenho medo de ser pego em um desses lugares não convencionais, já as benditas surubas me falta coragem, tenho vontade mas não saberia como me comportar em tais ambientes, fica para uma experiência futura.


Já pensei em procurar os serviços de um gp, mas tão logo desisti, não pelo valor (que por sinal não são baratos) mas sim pelo seu instrumento de trabalho, quem me conhece sabe  que não saio com caras com mais de 18 cm (não curto pau muito grande) são bonitos de se ver e tudo, até de se sentir nas mãos é bom, mas não sou homem o suficiente pra encarar algo mais que isso, sexo tem que ser uma coisa prazerosa pros dois e algo maior que 18 cm dentro de mim não rola, só se fosse algo mais que sexo caso contrário, inegociável.


Desse dez tinha um carinho especial por três, um desses nunca transei (oral e outros meio não encaro como sendo sexo, no meu conceito sexo é penetração pênis/ânus no caso dos gays) o primeiro cara com quem sai o esquema era só oral e punheta, isso aconteceu com mais quatro, sendo que com um só punheta mesmo. transei apenas com cinco, sendo passivo com com três, versátil um e ativo com outro e como não poderia deixar de ser levei alguns bolos, acho que uns dez (o mais longe que fui foi a Guaianases) mas bola pra frente. Desde agosto que não saio com mais ninguém (surgiu alguns problemas pessoais que dificultam as coisas) o antepenúltimo era um carinha muito interessante, começamos a conversar no Hornet e ele me chamou pra ir na casa dele, fui é claro, Ele mora em um prédio ali próximo a UNASP, era noite, chegue na rua do prédio e após trocarmos algumas mensagens pelo app ele desceu até a portaria e subimos pela escada de emergência até o primeiro andar, tudo na surdina (a princípio não curti, não curto essa história de ter de me esconder mas tudo bem.


Na porta do apartamento ele pediu silêncio pois a sobrinha tava no banheiro mas iria sair logo pra balada, entrei e dei de cara com uma cachorra que de pequena não tinha nada como ele tinha falado, fui para o seu quarto e ficamos lá por uns dez minutos cochichando (outra coisa que não curto) e nada  da sobrinha sair, a essa altura com as janelas fechadas o quarto já estava impregnado com cheiro da e cachorro,foi quando ele perguntou se poderíamos remarcar para a outra quarta, falei que sim e sai indignado, mas fazer o que né? Até hoje estou esperando por esse contato, o cara sumiu do app, ou seja foi um não curti! Conclusão, hoje estou a quase dois meses sem ver um pau (ainda não estou subindo pelas paredes) e sem nem um contato com nem um dos caras, estou só eu e algumas punhetinhas de vez em quando pra não perder a prática.


Eu sou o Pedro que não se chama Pedro, e esse foi mais um “OGM
Toda semana pela manhã, ou assim que possível

E nunca se esqueça; a gente se vê por aqui.

4 comentários:

  1. Também não curto monstruosidades kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Já passou da hora de vc abrir seu leque de possibilidades e viver mais ... com cuidados é claro ...

    ResponderExcluir
  3. Baladas eu gosto pra caralho, é bom pra se divertir, nunca tive consequências sexuais, porque nunca busquei isto...
    Também nunca fui em saunas, nunca fiz sexo pago, banheirão e blá blá blá..
    Mas caraca, 10 é muito pouco kkkk, fico pasmado como as coisas estão acontecendo... Sampa é o paraíso sexual kkkkk.
    Obvio que não precisa preciptar-se, tudo tem seu tempo.

    ResponderExcluir
  4. Penso como o amigo Braccini,com todo o respeito,abra seu leque,permita-se andar em terrenos que ainda não conhece.Não esquente a cabeça com o que os outros vão pensar,não pagam suas contas,no fim é você e você mesmo!Amigo,desfaça padrões de beleza,fuja de preconceitos e idéias estabelecidas,liberte-se das amarras que o prendem,enfim....viva a vida.
    Abraços queridão.

    ResponderExcluir

UMAZINHA

< POSTAGEM ANTERIOR - PRÓXIMA POSTAGEM > Acho que conheci o Chico dia 22 de agosto, não tenho certeza porque perdi o histórico...